Calendário Mundial do Whisky

O Whisky, como tantas outras coisas, não podia deixar de ter seu dia especial de comemorações, porém, como tudo no mundo do whisky, nada é simples e não temos uma data única mundial, temos algumas. Nesta matéria vamos elucidar essas datas e tentar explicar onde se comemora e porque o nosso amado whisky, whiskey ou uísque é celebrado.

  1. Burns Night (25 de janeiro)

Um dos mais conhecidos coletores de impostos do século XVIII foi Robert Burns – o bardo escocês. Ele trabalhou como “Exciseman” (funcionário responsável pela cobrança do imposto especial de consumo e pela prevenção da violação das leis fiscais, especialmente por contrabando), antes de voltar sua atenção para escrever algumas das poesias mais amadas da Escócia. Ele produziu centenas de poemas, canções e cartas, sendo a mais famosa Auld Lang Syne, a Valsa da Despedida, como é conhecida no Brasil.

Ele nasceu em 25 de janeiro de 1759 em uma vila chamada Alloway (Lowlands), na Escócia, e por isso Burns Night é comemorado nessa data. Morreu em 21 de julho de 1796, aos 37 anos.

Em 1785, Burns escreveu “Scotch Drink” – um poema ao whisky.

Uma das principais maneiras de celebrar Burns Night é com uma refeição tradicional escocesa, isso inclui um recheado “Haggis” escocês, servido com nabos e batatas. “Haggis” é um picadinho picante, feito com pedaços de miúdos e carnes que você normalmente não come, como por exemplo, intestinos de ovelha! Ele também leva cebola, temperos e especiarias.

Para acompanhar, uma boa música tradicional escocesa com gaitas de fole e uma boa dose de whisky, levantando um brinde ao Bardo da Escócia.

2. St. Patrick Day (17 de março)

Saint Patrick é o padroeiro da Irlanda e nasceu na Grã-Bretanha romana no final do século IV, onde foi sequestrado aos 16 anos e levado para a Irlanda como escravo. Ele escapou, mas retornou no ano de 432 para converter os irlandeses ao cristianismo. Na época de sua morte, em 17 de março de 461, ele havia estabelecido mosteiros, igrejas e escolas em toda a Irlanda. Muitas lendas cresceram ao seu redor — por exemplo, que ele expulsou as cobras da Irlanda e usou o “shamrock” para explicar a Trindade.

A Irlanda celebra seu dia com cultos religiosos e festas. Mas foram os emigrantes, particularmente que colonizaram o Estados Unidos da América, da diáspora irlandesa, que transformaram o Dia de St. Patrick em um feriado de folia e celebração das tradições irlandesas. Cidades com grande número de imigrantes irlandeses, que muitas vezes exerciam poder político, promoveram as celebrações mais extensas, que incluíam desfiles e grandes eventos. 

Boston realizou seu primeiro desfile do Dia de St. Patrick em 1737, seguido pela cidade de Nova York em 1762. Em 1962, Chicago, se coloriu de verde para marcar o feriado, muito embora o azul fosse a cor tradicionalmente associada a St. Patrick, e assim o verde ficou vinculado a data a partir desse ano. Irlandeses e não-irlandeses geralmente participam do “uso do verde” — ostentando um item de roupa verde ou um “shamrock”, a planta nacional irlandesa, na lapela de seus casacos.

Shamrock é qualquer uma das várias plantas trifoliadas semelhantes, ou seja, planta com três folhas.  De acordo com a lenda irlandesa, Patrick, usou uma “shamrock” como símbolo da Trindade Cristã, por conta de suas três folhas ligadas a um talo comum.

Os cristãos participam dos cultos da igreja, e as restrições da quaresma sobre comer e beber álcool são relevadas neste dia. Talvez por causa disso, beber álcool – particularmente whiskey irlandês, cerveja ou cidra – tenham se tornado parte integrante das celebrações. O costume do Dia de St. Patrick de “afogar o shamrock” ou “molhar o shamrock” era historicamente popular, especialmente na Irlanda. No final das celebrações, um “shamrock” é colocado no fundo de um copo, que é então recheado com whiskey, cerveja ou cidra. Ele é então consumido fazendo um brinde a St. Patrick, a Irlanda e aos presentes. O “shamrock” poderá ser engolido junto com a bebida ou levado, para ser jogado sobre o ombro, para dar boa sorte.

3. International Whisky Day (27 de março)

Internacional Whisky Day foi anunciado pela primeira vez em 27 de março de 2008 e lançado oficialmente em 2009 no Whisky Festival Northern Netherlands (Holanda), na presença de vários escritores de whisky, entre os quais Charles MacLean, Dave Broom, Martine Nouet e Helen Arthur. Esta foi uma iniciativa para homenagear seu amigo – e lendário escritor whisky – o falecido Michael Jackson, sendo também a data de seu aniversário.

Doença de Parkinson: Este dia não é somente para celebrar o whisky, mas também para promover a caridade. Todos os anos, os fãs doam dinheiro para instituições de caridade de sua escolha, mais comumente para instituições de caridade da Doença de Parkinson, já que Michael sofreu dessa doença por muitos anos.

Celebre o Whisky: Levante um copo e celebre a maior bebida do mundo. Honre os heróis desconhecidos da indústria de hoje e do passado. Faça uma degustação, visite seu bar preferido, abra aquela garrafa especial, introduza alguém no mundo do whisky, mas sempre com responsabilidade.

4. World Whisky Day (15 de maio):

Esse evento é uma iniciativa da Hot Rum Cow (White Light Media), revista britânica de bebidas. Seu objetivo é celebrar o maravilhoso mundo do whisky, explorando as histórias e as pessoas por trás deste mundo. Para tanto adquiriu a marca World Whisky Day, em 2017, que foi fundado, em 2012, por Blair Bowman enquanto estudava na Universidade de Aberdeen.

Blair Bowman é um consultor de Whisky e autor do best-seller Pocket Guide to Whisky: com o WhiskyTubeMap. Regularmente sedia sessões de treinamento de whisky e experiências multi-sensoriais de degustação de whisky em todo o mundo. 

Os embaixadores oficiais da WWD são Aly Mathers e Joe Kent.

Dentre os objetivos do dia estão o consumo da bebida com responsabilidade, compartilhamento da bebida com amigos e do quanto é divertido e agradável o seu consumo. Tenta também desmistificar sobre whisky ser exclusivo e restritivo, promove o consumo livre, isto é, com gelo, água, misturado, enfim, do jeito que melhor lhe agradar. A premissa é – queremos ser uma bebida agregadora e isso significa aceitarmos qualquer whisky, de qualquer tipo de qualquer lugar do mundo.

World Whisky Day acontece anualmente no terceiro sábado de maio.

Esse evento a WhiskyRio promove na cidade do Rio de Janeiro, onde já realizamos as versões 2018 e 2019.

WWD 2018
WWD 2019

5. National Bourbon Day (14/06):

Embora não tenhamos certeza de quando o Dia Nacional do Bourbon foi celebrado pela primeira vez ou quem começou o feriado, O Dia Nacional do Bourbon é um feriado que é celebrado em 14 de junho todos os anos, e é um dia em que as pessoas podem homenagear uma das bebidas alcoólicas mais icônicas do mundo. É um spirit especialmente importante nos Estados Unidos, onde a maior parte do Bourbon do mundo é produzido. De acordo com os padrões dos EUA, o Bourbon deve ser produzido a partir de 51% de milho entre outras regras que descrevemos abaixo.

Todos os Bourbons são whiskies, mas como pode ser visto nem todos os whiskies são Bourbons.

Bourbon é um whiskey que pode ser feito em qualquer lugar dos EUA, mas é principalmente destilado no Kentucky — onde 95% da produção mundial se concentra.  A destilação em Kentucky é atribuída pela primeira vez aos imigrantes escoceses, galeses, alemães, irlandeses, franceses e ingleses que se estabeleceram na área. Infelizmente, como grande parte das histórias de origem da invenção do Bourbon está envolta em lendas, ninguém sabe quem começou a fazer whiskey Bourbon ao certo, sabe-se que ele foi desenvolvido em algum momento entre as décadas de 1850 e 1870.

Embora existam vários outros lugares no mundo que produzem Bourbon, e a definição legal necessária para que o destilado seja rotulado como bourbon pode mudar de país para país — graças a acordos comerciais, o nome bourbon geralmente é reservado para produtos produzidos nos EUA. Nos Estados Unidos, os requisitos legais necessários para que um spirit seja chamado de Bourbon são os seguintes:

  • – O produto deve ser produzido nos EUA;
  • – Deve ser feita uma mistura de grãos com 51% de milho ou mais;
  • – Deve ser envelhecido em barris novos de carvalho carbonizados internamente;
  • – Não pode ter mais de 160-proof ou cerca de 80% de álcool;
  • – Deve ser carregado no barril com no máximo 125-proof ou 62,5% de álcool;
  • – Deve ser engarrafado no mínimo a 80-Proof (40% de álcool).

Em 1964, o Senado Americano reconhece o Whiskey Bourbon como produto distinto dos Estados Unidos, isto é, sem semelhança, sem igual e digno de respeito, exclusivo do país.

A melhor maneira de aproveitar este feriado é bebendo sua marca favorita de Bourbon. Há uma variedade de Bourbons de alta qualidade produzidos nos EUA e disponíveis no Brasil – Jim Beam’s Knob Creek, Wild Turkey, Maker’s Mark e Woodford Reserve.

Os Bourbons também se destacam na Coquetelaria, onde podemos aproveitar excelentes opções: Whiskey Sour, Boulevardier, Kentucky Mule, Gold Rushl, Bourbon Old Fashioned, e Whiskey High Ball.

Não podemos deixar de citar o National Bourbon Heritage Month, em 2 de agosto de 2007, o Senado dos EUA declarou setembro como o mês que se celebra “Native Spirit”. A cidade de Bardstown, Kentucky, sedia o Kentucky Bourbon Festival todos os meses de setembro desde 1991.

Abaixo segue o calendário com as datas comemorativas citadas para 2021:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *