LAMAS CALEDÔNIA (edições 1, 2 & 3)

Uma parceria entre a Destilaria Lamas e o Whisky Bar Caledônia proporcionou em 2020 o lançamento de um single malt especial, feito pela destilaria, mas com uma construção conjunta com o sócio do Caledônia e autor do blog O Cão Engarrafado, Maurício Porto. Esse lançamento foi um sucesso tão grande que no ano seguinte (2021) mais duas edições foram feitas com a mesma parceria. Nessa postagem vamos falar sobre essas três, quanto a suas características, semelhanças e diferenças.

Primeiro é preciso entender que essas versões foram feitas a partir de dois single malts base, o Lamas Nimbus, que é defumado de uma forma única, usando madeira de reflorestamento, e o Lamas Verus, que não é defumado e é finalizado em barris de vinho licoroso (similar a um vinho do Porto). A partir dessas bases foi criado um novo single malt que mescla o defumado e o não defumado, o Lamas Caledônia I (que época era chamado apenas de lamas Caledônia, obviamente). Esse whisky foi limitado a 250 garrafas com 50% de graduação alcóolica, sendo a mistura destes dois maltes (80% de defumado e 20% do vínico) que ainda foi finalizado em um barril de vinho licoroso por mais um ano. O resultado foi tão interessante, que mais duas versões foram criadas.

No primeiro semestre de 2021 a reedição do Lamas Caledônia foi feita, com apenas uma pequena mudança, a mistura entre os single malts defumado e vínico (na mesma proporção, 80/20) ficaram em um barril que antes continha vinho licoroso por 14 meses, sendo uma finalização mais longa que a versão anterior, transmitindo uma influência mais vínica a essa versão.

No final de 2021, foi anunciada a terceira versão dessa parceria, denominada Lamas Caledônia 3, que foi bem diferente das anteriores, pois a proporção de single malt defumado e vínico foi invertida, agora 80% corresponde ao Lamas Verus e apenas 20% ao Lamas Nimbus, transmitindo um caráter bem vínico e apenas um background defumado. Outra mudança foi no tempo de finalização (ou casamento entre os dois single malts), que nessa versão foram 18 meses em barris de vinho licoroso.

Todos as 3 versões possuem um casamento entre single malts defumados e vínicos, com diferentes proporções e tempos de casamento ou finalização, sendo edições limitadas e engarrafados a 50% de teor alcoólico. Abaixo seguem as notas de degustação segundo a WhiskyRio:

LAMAS CALEDÔNIA:

  • Aromas: defumado, herbal, vínico e doce.
  • Paladar: defumado, salino, apimentado, vínico e especiarias.
  • Finalização:médio a longo com notas defumadas, amadeiradas e salinas.
  • Notas do autor: um whisky extremamente curioso, misturando o defumado inovador do Lamas Nimbus com o vínico do Lamas Verus, essa junção é muito interessante.

LAMAS CALEDÔNIA II:

  • Aromas: defumado, vínico, herbal e doce.
  • Paladar: defumado, apimentado, vínico, especiarias e doce.
  • Finalização: média a longa com notas defumadas, amadeiradas e de especiarias.
  • Notas do autor: em resumo esse whisky é a lapidação da primeira versão do Lamas Caledônia.

LAMAS CALEDÔNIA III:

  • Aromas: vínico, cereal, baunilha e defumado.
  • Paladar: vínico, defumado, especiarias, doce e apimentado.
  • Finalização: média a longa com notas defumadas, amadeiradas e vínicas.
  • Notas do autor: um single malt bem equilibrado que vai agradar a diversos paladares. Vale ressaltar o belíssimo rótulo!

2 thoughts on “LAMAS CALEDÔNIA (edições 1, 2 & 3)

  1. Excelente artigo! Um grande prazer em obter estas informações tão valiosas… Torcemos imensamente pelo mercado nacional e a jogada de mestre foi inverter a porcentagem deixando somente 20% do Nimbus deixando tudo muito mais agradável!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.